SÉRIE B - Inter bate Ceará por 2 a 0 no Castelão
12/07/2017 - 9h39 em Futebol - Campeonato Brasileiro da Série B

Ricardo Duarte/Inter

Com um futebol eficiente, o Internacional venceu o Ceará por 2 a 0 na noite de terça-feira, no Castelão, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. William Pottker e Nico López marcaram os gols que deixaram o Colorado na quinta posição, com 21 pontos. Destes, 14 foram conquistados fora de casa. No sábado (15/7) tem mais um jogo longe do Beira-Rio, contra o CRB, em Maceió-AL.

 

Escalação mantida

O Colorado foi a campo com a mesma escalação utilizada na rodada anterior, diante do Criciúma, no Beira-Rio: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Felipe Gutiérrez e D'Alessandro; Nico López e William Pottker.

 

Potkker abre a contagem

O duelo na capital cearense começou com intensa disputa pela posse de bola e forte marcação de ambos os lados. Na primeira vez que conseguiu chegar ao ataque, aos 11min, o Inter abriu o placar. Edenilson - de grande atuação - invadiu a área pela direita e tocou para William Pottker que, na pequena área, só teve o trabalho de empurrar a bola para dentro do gol. Foi o terceiro gol do camisa 99 em oito jogos pelo Colorado.

 

Nico López marca golaço

Aos 19min, o Inter foi novamente letal na frente e ampliou a vantagem. Cláudio Winck arriscou de fora da área e Everson fez grande defesa. No rebote, Pottker concluiu para nova defesa salvadora do goleiro, mas a bola espirrou para a meia-lua, onde Nico López apareceu para chutar de primeira, com a perna esquerda, para marcar um lindo gol, o seu 14º pelo Clube do Povo. A bola entrou no ângulo esquerdo, desta vez sem chance alguma para o arqueiro do time cearense!

 

A torcida colorada ainda vibrava na arquibancada do Castelão com o golaço de Nico quando Pottker quase fez o terceiro, em uma paulada que explodiu no travessão. O Ceará chegou com força pela primeira vez aos 38min, em cabeceio de Pedro Ken que raspou a trave direita.

 

O Inter, por sua vez, era perigoso nos contra-ataques. Aos 41min, D'Alessandro avançou pela esquerda e tocou para Nico López, porém o uruguaio chutou fraco para a defesa de Everson. Logo depois, Pottker partiu em velocidade até a área, mas acabou adiantando a bola. Aos 47min, Rafael Carioca disparou forte chute por cima do gol colorado.

 

Vitória garantida com boa produção ofensiva

 

Na largada do segundo tempo, o Colorado seguiu dando as cartas no jogo. Aos 3min, Edenilson experimentou de longe e a bola passou por cima do travessão.

 

Aos 14min, a partida foi interrompida em função de dezenas de sinalizadores que foram ligados nas arquibancadas por torcedores do Ceará. Após quatro minutos de paralisação, a bola voltou a rolar, e os donos da casa cresceram em campo. Porém, o Inter se fechou bem, com destaque para a firmeza de Víctor Cuesta na zaga, e segurou a pressão. 

 

Para oxigenar o time no momento mais delicado do confronto, Guto Ferreira promoveu duas mudanças de uma só vez, colocando Diego e Juan nos lugares de Nico López e D'Alessandro. E o Inter retomou a produção ofensiva, criando mais chances na frente.

 

Aos 27min, Cláudio Winck ficou cara a cara com o goleiro, mas concluiu com pouca força, facilitando a defesa de Everson. Aos 35min foi Diego quem teve boa oportunidade, mas, ao tentar driblar o goleiro, acabou perdendo a bola. 

 

Aos 43min, Fabinho, que momentos antes havia entrado no lugar de Felipe Gutiérrez, apareceu de surpresa na área e cabeceou à esquerda do gol adversário, com perigo. Aos 47min, Juan ficou de frente para o gol, mas chutou em cima do zagueiro. 

 

"Hoje fomos cirúrgicos. O Ceará até teve mais posse de bola, mas fomos eficientes nas chances que tivemos", avaliou o capitão D'Alessandro.

 

"Havíamos feito uma boa partida contra o Criciúma, mas a vitória não veio. Hoje merecemos o resultado", disse William Pottker. (InterOficial)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!