Copel Telecom atrás de captação pela Lei de Incentivo ao Esporte
28/12/2017 10:39 em Vôlei - Superliga Masculina

O Copel Telecom / Maringá Vôlei, que disputa a Superliga masculina, tem a expectativa de fazer mais investimentos com o apoio de empresas e pessoas físicas por meio da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE). O valor máximo de captação pelo Ministério do Esporte para este ano é de até R$ 1,813 milhão.

 

Empresários e apoiadores do esporte podem ingressar no projeto até o próximo dia 29. O Copel Telecom Maringá Vôlei tem propagado no nome da cidade na disputa do campeonato nacional de alta performance e atraído milhares de torcedores nas partidas em casa, no ginásio Chico Neto.

 

Segundo Ricardinho, levantador e presidente da equipe, o time precisa de mais patrocinadores para fazer investimentos em atletas porque a Superliga é altamente competitiva.

 

“Os maringaenses são apaixonados pelo voleibol e mostram isso quando a equipe joga em casa. Então temos que trazer alegria à torcida e também propagar o nome da cidade com as conquistas do time na competição nacional que disputamos”, disse.

 

Para Ricardinho, a Lei de Incentivo ao Esporte é uma ótima oportunidade para empresas e pessoas físicas de testemunharem o crescimento do esporte e garantia de uma vida melhor para crianças e adolescentes que precisam de apoio.

 

“A modalidade esportiva cresce, são criados mais empregos diretos e indiretos e o investimento não custa nada para a empresa ou apoiador porque é incentivo fiscal”, comentou.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!