Armadora Luany lamenta derrota do handebol feminino de Maringá na final dos Jogos Abertos do Paraná
01/10/2018 16:17 em Jogos Abertos

Orlando Gonzalez

Os confrontos entre Maringá e Cascavel no handebol feminino estadual são de tirar o fôlego dentro e fora das quadras. Nas arquibancadas, torcedores de ambos os times ´sofrem´ com os jogos iguais, placares apertados e resultados normalmente com o vitorioso comemorando com uma bola de vantagem. E foi exatamente isso o que aconteceu em Londrina, na final dos Jogos Abertos do Paraná (JAPs). Maringá e Cascavel ficaram frente a frente, e o adversário ganhou por um gol, 25 a 24, no Ginásio Moringão. A armadora direita Luany Bulla Vitali, lamenta o resultado adverso, mas lembra que o time de Maringá ainda tem jogos importantes na temporada.

 

“Nosso objetivo era o título dos Jogos Abertos. Fizemos bons jogos, conseguimos colocar em quadra o que treinamos e chegamos à final. Maringá e Cascavel foi um jogo digno decisão, no gol a gol. Perdemos no último lance, por uma bola, para o forte equipe de Cascavel. É claro que estou triste pela derrota, mas o 2018 ainda não acabou para a equipe. Ainda temos três jogos pela Liga Nacional e as finais do Campeonato Paranaense. O negócio treinar forte para buscarmos bons resultados nos dois campeonatos”, comentou.

 

Maringá e Cascavel já se enfrentaram pela Liga Nacional 2018. Na estreia de ambas as equipes, no Ginásio Chico Neto, Maringá venceu a partida por 28 a 27.

 

Vale lembrar que no Campeonato Paranaense a decisão será, muito provavelmente, entre Maringá e Cascavel.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!