Quarta-feira, 3 de maio de 2017 às 10:51 em Outros Esportes
RUGBY - Crianças do Alvorada aprendem a praticar o esporte na Uningá

Uma parceria entre o Projeto Florescer e o Curso de Educação Física da Uningá está levando os adolescentes do Jardim Alvorada a praticar rugby e a conhecer os valores desse esporte. São eles, integridade, respeito, solidariedade, paixão e disciplina.

 

Os treinos acontecem às quintas-feiras à tarde e sextas pela manhã, em um campo no Complexo Esportivo da Uningá. O projeto conta com o trabalho voluntário das estudantes Margrith Weiss (técnica), Hellen Araújo e do técnico da Seleção Maringaense de Rugby Luis Gustavo Debertolis.

 

Segundo a coordenadora do curso, professora-doutora Paula Marroni, o projeto começou ano passado, com reuniões para conhecer melhor o grupo e traçar o perfil dos alunos. “De alguma forma, todos se encaixam em situação de risco e vulnerabilidade social, inclusive na questão de segurança”, explica. As aulas práticas começaram há 40 dias e permitem aos acadêmicos e já vivenciar a realidade do professor.  

 

A coordenadora destaca que o rugby é um esporte bastante democrático, porque tanto jogadores leves e pequenos quanto os altos e mais estruturados conseguem atuar bem no jogo. “Para praticar o rugby você só precisa de uma bola”, resume, ao comentar que é um esporte que se adapta bem em todas as classes sociais.

 

 

A atleta Margrith Weiss explica que o rugby é um esporte de muito contato físico e afirma que “se não houver muita disciplina e respeito ao outro, não funciona bem”, afirma, ao apontar que essa característica torna o esporte excelente para a formação das crianças. O Florescer é projeto de responsabilidade social desenvolvido pelo Posto G10 e o rugby é uma das atividades.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!