Maringá FC e Caxias empatam no WD pela Série D do Brasileiro
03/06/2018 19:54 em Futebol - Campeonato Brasileiro da Série D

Orlando Gonzalez

Não faltou emoção no primeiro jogo entre Maringá Futebol Clube e Caxias na tarde chuvosa deste domingo (3) no Estádio Willie Davids, em Maringá, pela segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo terminou empatado por 1 a 1, e agora as equipes realizam o segundo jogo da etapa mata-mata no próximo domingo (10), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. O vencedor avança, e caso ocorra novo empate o classificado à terceira fase será conhecido nas cobranças de penalidades máximas.

 

No jogo, o Tricolor entrou desfalcado de Lito e João Pedro. O lateral direito passou mal e não reuniu condições de jogo, enquanto o meia-atacante depende de uma nova regularização de sua documentação no BID para defender o time no segundo confronto. São jogadores titulares, que inclusive participaram do jogo em Poços de Caldas/MG, na última rodada da fase de classificação.

 

Mesmo assim, o Maringá FC foi mais ´produtivo´ em campo. E logo no início, aos 4 minutos, em jogada pela esquerda de Paulinho Moccelin, que bateu forte e a bola ´beijou´ o a trave esquerda do Caxias.  E o time de Maringá, de fato, esteve melhor, criou as melhores jogadas nos primeiros 45 minutos, e três grandes lances para balançar as redes do rival, mas a equipe falhou na última bola. O Caxias atuou mais defensivo.

 

Na etapa complementar, o time gaúcho saiu para o jogo, e buscou linha ofensiva. Assim, o jogo ficou mais aberto, mas o rival balançou as redes primeiro. Após jogada pela esquerda, Wesley, aos 14 minutos, mandou para as redes do Tricolor maringaense. Dois minutos depois, o mesmo Wesley sofreu pênalti. O goleiro Matheus recebeu passe de volta de teve que dominar sem as mãos, se atrapalhou e teve que cometer a falta dentro da área, no próprio Wesley, que cobrou para fora.

 

O lance fez o Tricolor voltar para o jogo. E, na base da pressão o gol veio em cobrança de penalidade máxima. Aos 23 minutos, o zagueiro Cleiton tocou a mão na bola, na área do Caxias, e o árbitro Paulo Henrique Schleich Vollkopf marcou pênalti para o Maringá. O atacante Bruno Batata bateu no canto direito de Glédson, e empatou o jogo.

 

Depois, ambos os times criaram boas jogadas na linha de frente, e pelo lado do Maringá o meia-atacante Paulino Moccelin foi o jogador mais importante, mas o time, de uma maneira geral, não conseguiu balançar novamente as redes do Caxias.

 

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio Willie Davids (Maringá)

 

Maringá FC – Matheus; Danilo, Alex Fraga, Robinho e Dênis Neves; Carlão, Serrato, Lucão (Rafael Bastos) e Juba (Dandan); Paulinho Moccelin e Bruno Batata. Técnico: Fernando Marchiori.

 

Caxias - Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Jean e Julinho; Marabá (Rafael), Gilson e Diego Miranda; Éder (Caio), Nathan e Wesley (Foguinho). Técnico: Luiz Carlos Winck

 

Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf

 

Auxiliares: Leandro dos Santos Ruberdo e Cícero Alessandro de Souza, do Mato Grosso do Sul

 

Cartão amarelo: Serrato (Maringá), Júnior Alves, Marabá e Gledson (Caxias)

 

Público pagante – 1.687 pessoas

Público total – 1.767 pessoas

Renda – R$ 34.745,00

(Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!