George e André e Duda e Ana Patricia são campeões da 11ª etapa do Circuito Brasileiro
25/09/2022 18:17 em Vôlei de Praia

A mesma arena lotada que deixou George ansioso no início do jogo foi o combustível que ele precisava para vencer. Jogando em casa em João Pessoa (PB), o paraibano e seu parceiro André começaram atrás do placar na final contra Arthur Mariano e Adrielson. Mas, empurrados pela torcida na Praia de Tambaú, viraram a partida e foram campeões do Top 8 da 11ª etapa do Circuito Brasileiro, repetindo o título que tinham conquistado em 2020. Na disputa feminina, Duda e Ana Patricia garantiram segundo ouro delas na temporada contra Rebecca e Talita.

As duas finais foram decididas apenas no tie-break. De virada, George e André venceram Arthur/Adrielson por 19/21, 21/17 e 15/13. Duda e Ana Patricia superaram Rebecca e Talita por 21/15, 17/21 e 15/13.

Taiana e Hegê conquistaram a medalha de bronze feminina com uma vitória por 2 sets a 0 (21/15 e 26/24) sobre Andressa/Vitória. O terceiro lugar masculino ficou com Pedro Solberg e Arthur Lanci, que ganharam de Evandro/Vinicius Freitas por 2 a 1 (21/17, 17/21 e 15/10).

Além do título, da premiação em dinheiro e da pontuação no ranking, a conquista do Top 8 em João Pessoa (PB) garantiu às duplas passagem aérea, alimentação e hospedagem custeados pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) para uma etapa do Circuito Mundial.

A 12ª etapa do Circuito Brasileiro será em Maceió (AL), de 15 a 18 de outubro, apenas com o Aberto. Na sequência, de 19 a 23 de outubro a capital paraibana recebe a 13ª etapa, com Top 8 e Aberto.

Guilherme Marques, gerente de vôlei de praia da Confederação Brasileira de Voleibol: “Chegamos ao final de um período intenso de vôlei de praia em João Pessoa, que começou com o campeonato sub-21 no dia 14. Jogos de altíssimo nível e, como sempre, a presença maciça dos torcedores de João Pessoa que adoram o vôlei de praia. Tivemos também a participação de duplas estrangeiras, porque eles conhecem o nível técnico da nossa competição e a qualidade da organização. Ao mesmo tempo, isso traz a experiência de confrontos internacionais para os atletas brasileiros, o que é importante para a formação deles”.

George: “João Pessoa tem uma energia diferente para mim, essa é a terceira etapa que eu ganho aqui, a segunda com o André. Essa energia da família, dos nossos amigos, da nossa equipe toda aqui, é algo realmente diferente e nos dá forças. A gente não começou jogando bem a final, eu estava nervoso, ansioso, a arena estava lotada, eles estavam o tempo todo vibrando com a gente e fez a diferença”.

André: “Se a gente já jogou 20 vezes com eles, acho que 15 foram tie-break. É uma dupla que a gente joga muito, estão jogando muito bem e tem um sistema defensivo muito bom. Até a gente entrar no jogo demorou um pouco, e no primeiro set foi difícil de recuperar. Mas, a partir do segundo set, eu virei um pouco mais de bola, forçamos o saque e conseguimos mudar o jogo”

Ana Patricia: “É muito especial jogar em João Pessoa, acho que o Circuito não é o mesmo se não passar por aqui. A última etapa que teve aqui eu venci (em 2020, com Rebecca), e nesse início de parceira com a Duda, que a gente está construindo nossa história agora, estar aqui nessa cidade que ama e torce muito pelo vôlei de praia é demais”

Duda: “É sempre difícil jogar contra elas, são experientes, viradoras de bola, sacam muito bem. E eu tive que me concentrar muito porque o jogo foi em mim, está muito quente em João Pessoa, e a Ana Patricia me ajudou muito, bloqueando, me chamando para o jogo”

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

(Texto: CBV. Fotos: Ana Patrícia/Inovafoto/CBV)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!