Jovens brasileiros já aceleram pelo mundo
31/01/2023 01:07 em Basquetebol

Criado em 2022, o propósito do BRB Fórmula 4 Brasil Credenciado pela FIA é servir como categoria-escola para que jovens do País possam trilhar o caminho do esporte a motor pelo mundo. E, logo na primeira temporada da sua existência, o objetivo já vai sendo alcançado. Seis dos 16 jovens entre 15 e 18 anos que competiram em 2022 na categoria-escola implantada no Brasil pela Vicar e a CBA já estão em ação ou vão atuar no exterior durante a nova temporada.
Quem começou o ano em alta velocidade foi Fefo Barrichello, de 17 anos. Vencedor de duas corridas na temporada inaugural da Fórmula 4 Brasil, o filho do bicampeão da Stock Car, Rubens Barrichello, disputa a F-4 dos Emirados Árabes entre janeiro e fevereiro, defendendo a equipe Xcel Motorsport.
Primeiro campeão da história do BRB Fórmula 4 Brasil, Pedro Clerot, que completou 16 anos no último dia 22 de janeiro, competirá na F-4 Espanhola pela equipe holandesa MP Motorsport — a mesma defendida por Felipe Drugovich na conquista do título da Fórmula 2 no ano passado. Antes, o brasiliense vai disputar as duas últimas etapas da F-4 dos Emirados Árabes, pelo mesmo time, em fevereiro.
Lucas Staico é outro piloto que vai acelerar na Europa em 2023. Vice-campeão da Fórmula 4 Brasil, o mineiro, de 18 anos recém-completados, alinhará no grid da GB3, a principal categoria de monopostos da Inglaterra.

Fazendo história — Primeira mulher a competir na Fórmula 4 Brasil, Aurélia Nobels conquistou um grande feito em dezembro do ano passado. A pilota de 16 anos nascida nos Estados Unidos, com nacionalidade belga e radicada no Brasil desde os 3 anos, foi a vencedora do FIA Girls on Track — Rising Stars. O programa da entidade que gere o automobilismo em parceria com a Ferrari visa dar oportunidade para meninas trilharem seu próprio caminho no esporte a motor.
Como prêmio, Aurelia já integra oficialmente a cobiçada Ferrari Driver Academy. Além disso, a competidora vai disputar em 2023 campeonatos de Fórmula 4 na Europa, representando a equipe Iron Dames, que conta apenas com pilotas nas categorias de monopostos ou GTs.

Fórmula Indy — Dois pilotos que estiveram no grid da temporada inaugural do BRB Fórmula 4 Brasil anunciaram recentemente que vão competir nos Estados Unidos em 2023 – fazendo a opção de galgar degraus em direção à Fórmula Indy ao invés da Fórmula 1, como os demais pilotos da Fórmula 4 Brasil que já anunciaram os primeiros passos de suas carreiras internacionais.
Um deles é Nicolas Giaffone. Na lista dos maiores vencedores do ano passado, com três triunfos (em Interlagos, Velocitta e Goiânia), o filho do piloto e comentarista Felipe Giaffone tem atualmente 18 anos de idade.
Nicolas vai defender a equipe DEForce na categoria USF Juniors, o primeiro degrau do Road to Indy, caminho que leva a um dos principais campeonatos do automobilismo mundial e no qual Felipe acelerou no início dos anos 2000.
Já Nick Monteiro volta ao país-natal para dar sequência à sua carreira nas pistas. Com 17 anos, quatro pódios e uma pole no ano inaugural do BRB Fórmula 4 Brasil, o piloto nascido em Sunrise, na Flórida, vai disputar a USF Pro 2000, categoria intermediária do Road to Indy, e será parte da equipe NeoTech, sendo mais um a trilhar o caminho do sonho americano na temporada 2023.

(Texto: Assessoria. Foto: uda Bairros/Vicar))

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!