Osasco São Cristóvão Saúde perde para o Barueri
18/03/2023 18:46 em Vôlei - Superliga Feminina

A noite de sexta-feira (17) trouxe boas notícias para o torcedor osasquense, com a recuperação e o retorno das atacantes estrangeiras Micaya White e Mali Smarzek, que passaram, ambas, por artroscopia. Apesar disso, o Osasco São Cristóvão foi superado pelo Barueri, no ginásio José Correa, na antepenúltima rodada do returno da fase de classificação da Superliga 1XBET. O time da casa venceu por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 15/25, 25/20 e 25/23, em 1h59min.

A oposta Tifanny comentou a partida. “Nosso time não pode cometer os erros que cometeu. Trabalhamos muito, estudamos o time delas e precisávamos desses três pontos na briga pela vice-liderança da Superliga. Agora é erguer a cabeça, treinar mais ainda e buscar a reabilitação na próxima rodada”, comentou a oposta, maior pontuadora da partida, com 28 acertos. Osasco volta à quadra no dia 25, contra o Fluminense, no ginásio José Liberatti.

O jogo – Osasco abriu a partida com o modo dominante ON. A ponteira norte-americana Micaya White, recuperada da lesão no joelho que a levou a uma artroscopia, começou entre as titulares e marcou seu primeiro ponto no 9/4. A equipe osasquense chegou a abrir seis pontos de vantagem, mas Barueri conseguiu encostar, empatar no 20/20 e virar no 21/20. Com a reação, as donas da casa souberam aproveitar as oportunidades na reta final e fecharam por 25/23.

Após o revés, Osasco não se deixou abater, nem deu margem para repetir os problemas no set inicial. Após um começo equilibrado, quando esteve quatro pontos atrás, as comandadas do técnico Luizomar empataram e foram abrindo vantagem. Adenízia, no primeiro ponto de bloqueio do time na partida, fez 12/9. Tifanny marcou 18/12 em uma bola de xeque para, na sequência, cravar um ataque no 20/13. Com tranquilidade no placar, Osasco encaminhou a vitória com uma china de Fabiana (24/15) e fechou com Micaya: 25/15.

O equilíbrio deu o tom do terceiro set, no qual Osasco sofreu com erros, especialmente na recepção e ataque. Luizomar gastou seu segundo pedido de tempo quando as donas da casa abriram 15/11. Adenízia montou o paredão no 17/19, mas o ânimo osasquense sofreu um abalo após erro da arbitragem no lance seguinte, deixando de marcar um claro toque no bloqueio de Barueri. O adversário soube aproveitar o momento para abrir e fechar por 25/20.

Osasco abriu o quarto set colocando seis pontos de vantagem (9/3), após um bloqueio de Saraelen. Quando Barueri iniciou sua reação, Luziomar promoveu a inversão, colocando em quadra Giovana e Mali Smarzek, que também retornou após passar por uma artroscopia. Não funcionou e o time da casa seguiu encostando no placar, até chegar ao 11/11. A última igualdade no placar veio com um bloqueio de Adenízia, no 21/21. A partir desse ponto, Barueri se manteve à frente até chegar à vitória por 25/23.

Jogaram e marcaram para o Osasco São Cristóvão Saúde: Giovana (2), Tifanny (28), Adenizia (11), Fabiana (6), Micaya (10), Drussyla (9) e a líbero Natinha. Técnico: Luizomar de Moura. Entraram: Silvana, Saraelen (2), Kenya (2), Smarzek (1).

Jogaram e marcaram para Barueri: Carol Leite (2), Gabi (16), Diana (5), Maiara Basso (8), Larissa (11), Mari Paraíba (14) e a líbero Paulina. Técnico Wagão. Entraram: Paquiardi (3), Isabela, Jheovanna, Julia, Ana Lopes.

(Assessoria)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!