Fluminense goleia o Flamengo na final do Carioca 2023
10/04/2023 09:59 em Futebol - Campeonato Carioca

É campeão! Em clima de Páscoa, o Fluminense aplicou um chocolate sobre o Flamengo e sagrou-se bicampeão carioca no domingo (09/04). O Time de Guerreiros teve grande apresentação e goleou o rival por 4 a 1, resultado que fechou o placar agregado em 4 a 3 para o Tricolor, garantindo, no Maracanã, o 33º estadual de sua história.

Antes de a bola rolar, a torcida tricolor já empurrava o time ao som de "Vamos virar Nense" e "A benção João de Deus". Durante o jogo, a equipe demonstrou desejo de atender ao pedido da torcida. Dominante, o Fluminense manteve o controle do jogo a base de passes rápidos e jogadas efetivas, que resultaram em dois gols de Cano, um de Marcelo e outro de Alexsander fechando a goleada diante do público de mais de 65.000 torcedores.

Sob comando do técnico Fernando Diniz, a equipe volta a campo na quarta-feira (12/04) para a estreia na Copa do Brasil. O confronto, válido pelo jogo de ida da terceira fase da competição, será diante do Paysandu-PA, às 19h30, no Maracanã. A partida de volta, em Belém, ocorrerá no dia 25/04. O time que levar a melhor no placar agregado garante a classificação para as oitavas de final.

PRIMEIRO TEMPO

A partida começou disputada, e o Fluminense, após algumas subidas ao ataque em velocidade, finalizou com perigo pela primeira vez aos 9 minutos. Cano recebeu de Marcelo e, de fora da área, mandou uma bomba, mas o goleiro fez a defesa. Aos 14, Alexsander parou na trave. No lance, Marcelo achou bom passe para o volante, que limpou o zagueiro, buscou o canto e a trave impediu o gol. Aos 23, Guga cruzou na área e Felipe Melo cabeceou por cima.

Aos 26 minutos, Marcelo fez linda jogada individual passando por dois marcadores e bateu no cantinho, abrindo o placar para o Tricolor com um golaço. Aos 31, o Fluminense encaixou contra-ataque fulminante com Keno e Ganso. O camisa 10 conseguiu bela assistência para Cano, que finalizou tirando do goleiro e fez o L ao marcar o segundo gol da equipe. Aos 44, Ganso deixou Alexsander na cara do gol. O Moleque de Xerem chutou firme, exigindo grande defesa do goleiro.

SEGUNDO TEMPO

Aos 5 minutos da segunda etapa, Marcelo cobrou falta, o braço do defensor adversário impediu a passagem da bola e o pênalti foi assinalado. A cobrança de Cano foi defendida, mas, no rebote, o artilheiro não perdoou e fez o terceiro do Time de Guerreiros, aos 10. Aos 19, Alexsander foi o responsável por adicionar mais um gol para o lado tricolor no placar. Guga arriscou de fora de área, o goleiro fez a defesa e o volante estufou a rede com um chutaço no ângulo.

Até o apito final, a equipe controlou a partida com tranquilidade e eficiência. O adversário chegou a diminuir com Ayrton Lucas aos 50, o que não mudou o destino do troféu. O Fluminense é bicampeão carioca.

(Texto: Fluminense. Foto: Marcelo Gonçalves e Mailson Santana/FFC)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!