Brasil fatura título do Sul-Americano Sub-17
24/04/2023 08:13 em Futebol - Categoria de Base

Seleção Brasileira venceu a Argentina por 3 a 2, no domingo (23) e conquistou o Sul-Americano Sub-17. Maior campeão da competição, o Brasil chegou ao 13º título numa noite dramática em Quito.

Além da vitória, os jogadores foram obrigados a aguardar o jogo do Equador, que começou depois do triunfo brasileiro. Em partida emocionante, os donos da casa empataram com a Venezuela, por 1 a 1, e ficaram em segundo lugar.

A equipe comandada por Phelipe Leal terminou o torneio invicta, com o melhor ataque e os artilheiros da competição, Kauã Elias e Rayan.

O resultado sobre a Argentina, no estádio Olímpico Atahualpa, foi construído com dificuldade, diante de um adversário que impôs obstáculos ao Brasil, que sofreu o empate depois de abrir 2 a 0 no placar, com gols de Riquelme e Dudu. Logo após a igualdade dos argentinos, Dudu cobrou escanteio para Da Mata cabecear e pôr o Brasil em vantagem. 

A Canarinho se despede da competição com 13 pontos de 15 possíveis no hexagonal final. Além do Brasil, Argentina, Equador e Venezuela também estão classificados para o Mundial que será disputado em novembro.

O jogo

Titulares ao longo do Sul-Americano, Matheus Ferreira e Kauã Elias ficaram de fora da partida por suspensão por cartão amarelo e desconforto muscular, respectivamente.

Aos 11 minutos de jogo, Riquelme abriu o placar para a Seleção. Em jogada individual, o atacante invadiu a área e passou pela defesa adversária. Cara a cara com o goleiro, ele conferiu o rebote de seu próprio chute e fez o 1 a 0 para o Brasil.

 

Levando vantagem no setor à esquerda do campo, Riquelme e Dudu tabelaram para marcar o segundo gol do Brasil. Em velocidade, o camisa 10 recebeu passe e chutou no canto, sem chance de defesa para o goleiro argentino, aos 29 minutos.

A Argentina diminuiu aos 33 minutos com Giménez, após cobrança de escanteio.

O árbitro encerrou o primeiro tempo com vitória parcial do Brasil por 2 a 1.

Na volta do intervalo, Riquelme teve boa chance de ampliar o marcador para o Brasil, mas o chute saiu sem força. Aos seis minutos do segundo tempo, Phillipe Gabriel fez grande defesa para impedir o empate da Argentina, em chute de fora da área.

Porém, cinco minutos depois, Echeverri marcou no rebote para a Argentina e igualou o placar.

Aos 15 minutos da segunda etapa, Da Mata mostrou que merece a alcunha de zagueiro artilheiro, com três gols no Sul-Americano, e colocou o Brasil em vantagem no jogo, de cabeça. Em cobrança de escanteio, Dudu chegou à sexta assistência na competição.

Dudu aproveitou indecisão da defesa argentina e entrou livre na área, mas o chute do camisa 10 passou perto da trave, aos 33 minutos.

O argentino Villalba foi expulso por desferir um soco em Bernardo Valim, aos 50 minutos.

Na última jogada da partida, Rayan arrancou para dentro da área e acertou o travessão.

A preocupação, estampada no rosto da atacante com a chance perdida, se transformou em felicidade após o jogo entre Equador e Venezuela.

BRASIL: Phillipe Gabriel; Vitor Gabriel (Chermont), Vitor Reis, Da Mata e Souza (Dalla Corte); Lucas Camilo (Bernardo Valim), Luiz Gustavo e Dudu; Lorran (Ricardo), Riquelme (Matheus Reis) e Rayan. Técnico - Phelipe Leal

(Texto: CBF. Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!