Estado de São Paulo é o grande campeão dos Jogos da Juventude
18/09/2023 07:52 em Jogos da Juventude

 O Estado de São Paulo é o grande campeão dos Jogos da Juventude, organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro, em Ribeirão Preto. Os atletas paulistas deram um show e garantiram 103 pódios na competição, com destaque para atuações individuais e modalidades. 

No acumulado das medalhas, o Estado de São Paulo superou o Paraná, campeão de 2022, e quarto lugar este ano; Rio de Janeiro e Santa Catarina, segundo e terceiro colocado respectivamente. Considerando o quadro de medalhas de ouro, São Paulo leva para casa 45.

São Paulo liderou o quadro de medalhas da competição com 45 ouros e 107 medalhas no total. O estado também se garantiu no pódio em 17 das 18 modalidades do programa e, logicamente, teve alguns dos maiores destaques individuais dos Jogos da Juventude. Da natação, Larissa Borba conquistou seis ouros (revezamentos 4x50m livre feminino, 4x100m livre misto e 4x100m medley misto, 50m borboleta, 100m costas e 50m costas), e Lúcio Flávio, cinco (revezamentos 4x100m livre masculino, 4x100m livre misto e 4x100m medley misto, 100m borboleta e 50m borboleta). Matheus Siniscalchi pegou três ouros nas piscinas (400m, 800m e 1500m) e um ouro (5km) e uma prata (revezamento misto) nas águas abertas. Pedro Silvestre levou 4 ouros (Argolas, Barra, Paralelas e Salto) na ginástica artística e Fernanda Alvaz teve 100% de aproveitamento na ginástica rítmica (campeã no individual, bola, arco e equipe).

O Rio de Janeiro ficou na segunda colocação do quadro de medalhas, ao vencer o confronto direto com Santa Catarina na decisão do basquete masculino, e chegar a 24 ouros e 65 medalhas no total. O maior destaque da delegação talvez seja Maria Fernanda Santos, que venceu a três provas que participou no badminton (dupla mista, dupla feminina e individual). No tiro com arco, os cariocas levaram os três ouros na disputa: Emanuel Luiz, campeão no masculino; Isabelle Trindade, no feminino; e juntos nas duplas mistas.
 
Santa Catarina ficou na terceira colocação, com dois ouros a menos que os cariocas. O bom desempenho dos catarinenses foi puxado pela natação: foram 10 ouros na modalidade. O capitão desse resultado foi Matheus Menel com 4 ouros (100m peito, 200m peito, 200m medley e revezamento 4x100 medley).
 
Campeão da edição Aracaju 2022, o Paraná fechou o evento com 16 ouros e 54 medalhas no total, ficando na quarta colocação. A participação dos paranaenses foi bastante equilibrada, com os ouros sendo conquistados em nove modalidades diferentes. O Rio Grande do Sul fecha o top-5 com 15 ouros, sendo 4 deles de Nicole de Campos na ginástica artística (salto, solo, individual e equipes).
(Texto: COB. Foto: Alexandre Loureiro/COB)
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!