Offline

COPA DO BRASIL – Coritiba perde de 1 a 0 para o Juventude
12/05/2016 07:55 em Futebol - Copa do Brasil

 

Coritiba

Na noite desta quarta-feira (11), dia de reinauguração da loja do Coritiba, no Couto Pereira, o elenco coxa- branca voltou a campo para mais um disputa. Desta vez, pela Copa do Brasil. Na primeira rodada, o time eliminou o Guarany de Sobral com o placar de 3 a 0. Na quarta-feira, o adversário foi o Juventude, de Caxias, Rio Grande do Sul, mas, o Coxa não conseguiu o resultado.

 

A novidade da partida foi a estreia do venezuelano Cesar Gonzalez com a camisa coxa-branca. Junto com ele, entraram em campo os jogadores Elisson, Dodô, Rafael Marques, que estampou a braçadeira de capitão do time, Juninho, Cesar Benitez, João Paulo, Ícaro, Thiago Lopez, Negueba e Leandro.

 

Com um clima frio, gramado molhado, e poucos torcedores das arquibancadas, o time da casa venceu a disputa pelo placar de 1 a 0.

 

Com a desvantagem na bagagem, o Coxa volta para casa focado em reverter o resultado na partida de volta, no Couto Pereira. O jogo será no próximo dia 19.

 

Juventude abre o placar no primeiro tempo

A disputa desta noite fria no Rio Grande do Sul foi a 27ª entre as duas equipes e primeira válida pela Copa do Brasil. O gramado molhado do Alfredo Jaconi prometia uma partida de velocidade para os times dos escudos verde e branco.

 

Além das cores, os dois clubes também têm em comum a conquista da segunda colocação nos campeonatos estaduais 2016 e a vontade de alcançar o título da Copa do Brasil.

 

E o Coritiba já demonstrou isso nos primeiros minutos de jogo com Leandro, que entrou na área e bateu cruzado. A bola não entrou. O Juventude reagiu no contra-ataque com Dieguinho, que foi barrado pelo zagueiro coxa-branca, Juninho.

 

Não demorou muito, entretanto, para que o time da casa convertesse a tentativa em gol. O jogador Wallace, depois de cobrança de escanteio, chutou no canto esquerdo da trave coxa-branca. Elisson se jogou, mas, não alcançou a bola e o placar ficou negativo para o Verdão.

 

Aos 22 minutos, Leandro de novo. O estreante Gonzalez passa a bola para ele, que paga mal. A partir daí o jogo segue com muita disputa de bola, chutes a gol, principalmente de Negueba e Leandro, mas, sem muitos perigos na grande área. João Paulo também tentou na cobrança de falta, mas a bola passou longe.

 

No intervalo da partida, o zagueiro e capitão da equipe, Rafael Marques, e o goleiro Elisson pediam mais movimentação do time, tranquilidade e atenção redobrada.

 

Coxa insiste, mas não consegue vantagem

No segundo tempo, o técnico Gilson Kleina fez uma alteração na equipe substituindo Negueba por Vinícius que, logo no início da etapa, tentava chegar ao gol, mas, não conseguia converter.

 

Aos seis minutos de bola rolando, por exemplo, Gonzalez cobrou escanteio e Leandro tentou aproveitar a sobra chutando de pé direito. Mas, a bola foi por cima da trave. Thiago Lopes também errou o chute antes de ser substituído por Ortega.  

 

O clima esquentou no decorrer do jogo com uma confusão envolvendo o técnico do Juventude, Antônio Carlos Zago, e um dos bandeirinhas da partida. Ele acabou sendo expulso da disputa.

 

Aos 24 minutos, Vinícius quase mudou a história do Coxa na partida com um arremate. Mas o goleiro Elias impediu. Outra chance chegou poucos minutos depois aos pés de Ortega, que chutou por cobertura, exigindo trabalho do arqueiro adversário. Ele se esticou e mandou pra escanteio.

 

Nos acréscimos da partida, o Coritiba teve algumas chances de virar o jogo com Ortega, Vinicius, João Paulo e Cesar Gonzalez, na cobrança de escanteio, no último minuto do jogo. Porém, não aconteceu.

 

Com o resultado negativo, o Coxa volta para casa. O objetivo é vencer o Juventude no jogo de volta, em casa, no Couto Pereira. 

 

 

"No primeiro tempo tivemos uma falha e levamos o gol. Não podemos desperdiçar as chances. Agora, temos que reverter no Couto", disse João Paulo. (CoritibaOficial)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!