Escleroterapia em Maringá reduz fila de espera para tratamento de varizes
11/07/2019 19:29 em Notícias de Maringá

Pacientes que aguardavam desde 2017 na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) pelo tratamento para varizes em Maringá foram beneficiados nos últimos três meses com o procedimento de escleroterapia. Com o tratamento, a fila de espera para cirurgia que antes somava mais de 1,5 mil pessoas, caiu para 792. O tratamento, novidade na rede pública de saúde do município, não exige internação e é realizado em sessões de 30 minutos no ambulatório do Hospital Municipal. 

 

O medicamento usado no procedimento é o Polidocanol, injetado na veia do paciente em forma de espuma provocando o fechamento das varizes, acelerando a cicatrização. Em média, são feitas três ou quatro sessões de aplicações do produto no intervalo de três semanas. Na primeira aplicação já é possível a redução da dor e a melhora dos sinais. O procedimento conta com auxílio de um aparelho de ultrassom.

 

A escleroterapia abrange todos os tipos de varizes, assim como as telangiectasias (vasos finos, avermelhados, que passam pelas veias reticulares azuis e aparecem na pele. “Desde 2017, quando assumimos a pasta, buscamos sempre inovar e agilizar os serviços de saúde para acesso do cidadão. Essa é mais uma novidade que traz grande conforto aos pacientes durante e após o tratamento, pelo fato de ser rápido e não ter a necessidade de internação hospitalar”, disse o secretário de Saúde, Jair Biatto.

(Foto: Divulgação)

 

MAIS...

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!