Na estreia do técnico Sampaoli, Atlético-MG vence em Nova Lima
14/03/2020 23:48 em Futebol

Em jogo que marcou a estreia do técnico Jorge Sampaoli no comando alvinegro, o Galo venceu o Villa Nova por 3 a 1, na noite deste sábado (14), no Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima.

 

Di Santo abriu o placar logo com um minuto e meio de partida  Savarino ampliou ainda no primeiro tempo, aos 42 minutos. Na etapa final, Guilherme Arana marcou aos onze minutos. Aos 25, Zé Eduardo diminuiu para os donos da casa.

 

A partida foi válida pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro. Com o triunfo, o Atlético chegou a 18 pontos, ganhou duas posições e subiu para a segunda colocação no Estadual.

 

Por determinação da Federação Mineira de Futebol, seguindo orientação do Ministério da Saúde, o duelo em Nova Lima aconteceu com portões fechados.

 

Na próxima rodada, a penúltima da fase classificatória, o adversário será o América, às 16h do próximo domingo, na Arena Independência.

 

O jogo

O Atlético abriu o placar logo com um minuto e meio de jogo, com Di Santo. No lance, Nathan recebeu ótima enfiada de bola de Hyornan, tirou o goleiro da jogada e rolou a bola para o atacante argentino toar para o gol: Galo 1 x 0.

 

Aos quatro minutos, após cobrança de escanteio pela esquerda, Hyoran arriscou de fora da área, a bola desviou no zagueiro e saiu sobre o gol. Guilherme Arana cruzou com perigo, aos onze minutos, e a bola atravessou a pequena área.

 

Hyoran levantou a bola na área, em cobrança de falta, e a defesa do Villa afastou o perigo. Em seguida, Hyoran arriscou novamente de fora da área, por cima do gol.

 

A equipe da casa ameaçou no cabeceio de Leandro Cearense, para fora. Aos 34, Hyoran fez novo cruzamento em mais uma cobrança de falta, mas a defesa do time mandante conseguiu fazer o corte.

 

Aos 42 minutos, Di Santo avançou pela esquerda e tocou a bola na área, Ricardo Oliveira rolou para trás e Hyoran chutou no travessão. No rebote, Savarino concluiu com estilo para fazer o segundo gol atleticano: (Galo 2 x 0.

 

O terceiro gol quase saiu ainda na etapa inicial, aos 46, quando Ricardo Oliveira ficou cara a cara com o goleiro Vilar, que fez grande defesa.

 

No SEGUNDO TEMPO, o Atlético voltou a campo com a mesma formação. Aos seis minutos, Hyoran cruzou pela esquerda e a bola atravessou a grande área.

 

Aos onze minutos, em lance pela esquerda, Nathan recebeu passe de Ricardo Oliveira e deu grande passe para Guilherme Arana ampliar a vantagem alvinegra: Galo 3 x 0.

 

Savarino acertou bom chute aos 13 minuto, meio sem ângulo, e o goleiro Vilar fez boa defesa. Aos 15 minutos, Ricardo Oliveira recebeu lançamento longo de Nathan na grande área e sofreu pênalti. O próprio Ricardo fez a cobrança e Vilar defendeu no canto direito. Hyoran ainda pegou o rebote, mas chutou sobre o gol.

 

O Galo voltou a levar perigo no cruzamento de Arana pela esquerda, aos 18 minutos, mas Guga não conseguiu boa finalização. Aos 21, Ricardo Oliveira foi substituído por Marquinhos. Os donos da casa diminuíram aos 25 minutos, com Zé Eduardo.

 

Em novo ataque atleticano, aos 27, Nathan recebeu bom passe de Marquinhos e foi travado na hora da finalização. Pouco depois, Marquinhos arriscou da entrada da área, para fora.

 

Nathan chutou colocado de fora da área, aos 32, e Vilar fez a defesa no canto direito. Logo depois, Guilherme Arana recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

 

Depois da expulsão de Arana, Savarino deixou o campo para a entrada de Fábio Santos. Em seguida, Réver entrou no lugar de Di Santo. O jogo seguiu até o final sem novas oportunidade de gol.

(Foto: Bruno Cantini / Agência Galo)

 

MAIS...

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!