Osasco São Cristóvão Saúde derrota o Fluminense e garante vice-liderança da Superliga
26/03/2023 11:16 em Vôlei - Superliga Feminina

Osasco São Cristóvão Saúde ratifica a condição de vice-líder da Superliga 1XBET 2023. A equipe comandada pelo técnico Luizomar bateu o Fluminense no sábado (25), no ginásio José Liberatti, em partida válida pela penúltima rodada do returno. Com saque agressivo, passe seguro e ataque eficiente, o time fez a festa da torcida que lotou as arquibancadas ao marcar 3 sets a 0, com parciais de 25/12, 25/23 e 25/21, em 1h30min de partida.

Tifanny marcou 19 pontos e foi a maior atacante da partida, conquistando o troféu VivaVôlei e também o troféu TOP, em eleição exclusiva junto à torcida osasquense. “Nós estávamos com o Fluminense engasgado (referindo-se a derrota no primeiro turno). Sabemos que temos um time forte e não podemos nos deixar abalar (sobre as duas últimas rodadas, com derrotas). Estamos chegando aos playoffs, que é quando a Superliga começa de verdade. Vamos com tudo”, disse.

O jogo – Fabiana seguiu para a linha de passe quando o placar estava 1/2 e só saiu com 8/2. Eficiente no saque e implacável no contra-ataque, o time de Osasco mandou no primeiro set. Mali Smarzek atacou para garantir dez pontos de vantagem: 14/4. Tifanny, com um ace, marcou o set point no 24/11. A vitória por 25/12 veio após um erro das cariocas.

O segundo set foi bem mais equilibrado. Quando o placar estava em 13/13, Mali sofreu uma queda após escorregar na quadra, deixando a quadra amparada pelos membros do departamento médico de Osasco. Com Micaya em quadra, o time osasquense conseguiu abrir. E a ponteira norte-americana, com um ace, fez 20/17. Tifanny, mantendo a eficiência no ataque, fez o set point: 24/20. O Fluminense tentou uma reação. E quando o placar chegou as 24/23, Smarzek retornou, mostrando estar recuperada. Na sequência, Tifanny atacou na saída de rede para fechar em 25/23.

Osasco voltou para o terceiro set disposto a fechar em 3 a 0. Para isso, contou com a força do bloqueio. Fabiana montou o paredão no 16/14 e Mali fechou a porta do ataque fluminense duas vezes, no 20/17 e 23/18. Quando as cariocas chegaram ao vigésimo ponto, Luizomar pediu tempo. E deu certo, pois o adversário errou o saque: 24/20. A vitória veio com Fabiana, na china: 25/21.

Jogaram e marcaram para o Osasco São Cristóvão Saúde: Giovana, Mali Smarzek (9), Adenizia (9), Fabiana (11), Tifanny (19), Drussyla (5) e a líbero Natinha. Técnico: Luizomar de Moura. Entraram: Silvana, Kenya (1), Micaya (1).

Jogaram e marcaram para o Fluminense: Juma (1), Mayara, Lara (4), Lays (5), Gabi Cândido (4), Bruna (3) e a líbero Letícia. Técnico: Guilherme. Entraram: Daniela (4), Pietra (2), Amanda, Elina (7), Kimberly (7), Stefannie.

(Texto: Assessoria. Foto: @carol__fotografia)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!