SÉRIE PRATA – São José dos Pinhais perde a primeira
16/05/2016 18:41 em Futsal - Série Prata do Paranaense

Não faltou luta, raça e força de vontade. O Novo Futsal São José dos Pinhais conheceu a sua primeira derrota jogando dentro de casa na edição deste ano da Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal.

 

Na noite de sábado (14), no Ginásio Ney Braga, o time são-joseense desperdiçou muitas chances, perdeu para o Palmas Esportes por 3 a 1, permaneceu com sete pontos e caiu para a sexta colocação na classificação da competição estadual. O próximo compromisso acontece no sábado (21) fora de casa, diante do Ivaiporã, no interior do Estado.

 

Apesar do revés, o time são-joseense, durante todo o jogo, foi o dono das principais ações ofensivas, mas parou na noite inspirada do goleiro Victor. Nos primeiros minutos, o Novo Futsal São José dos Pinhais esteve próximo de abrir o placar em chances criadas por Jhonatan, Ian e Léo.

 

Aos 4 minutos, Fillipe Chulapinha fez boa jogada pela direita, passou por Alex, bateu cruzado e o goleiro salvou. Na sequência, o Palmas chegou com perigo, mas Rogério salvou o chute de Everton. Aos 5, depois de tabelar com Jhonatan, Fillipe Chulapinha apareceu livre e desperdiçou outra chance na cara do gol.

 

A pressão do time são-joseense em busca do primeiro gol só aumentava. Aos 6, Gauchinho fez boa jogada, Fillipe Chulapinha tentou cavar e Ulisses tirou em cima da linha.

 

Três minutos depois, Curumim tabelou com Vico, bateu forte e Victor fez outra boa defesa. A partir dos 11 minutos, o time visitante, para tentar ficar com mais posse de bola, passou a utilizar o goleiro Victor mais adiantado.

 

Mesmo assim, as melhores chances continuaram sendo do Novo Futsal São José dos Pinhais. Aos 14, Léo fez grande jogada na área, chapelou o marcador, rolou para Gauchinho, que quase abriu o placar.

 

O castigo, então, veio na sequência. Quando o time são-joseense era melhor em quadra, a equipe visitante abriu o placar com Renan, depois do chute cruzado e da boa defesa do goleiro Rogério.

 

Com a vitória parcial no primeiro tempo, o Palmas voltou do intervalo disposto a marcar e o jogo foi de ataque contra defesa. Nos segundos iniciais de partida, Ian criou boa chance de empatar.

 

Aos dois minutos, em dois lances parecidos que saíram dos pés do goleiro Rogério, Jhonatan e Fillipe Chulapinha desviaram de cabeça e quase marcaram.

 

Aos 4, o Palmas chegou com perigo no contra-ataque e, depois da grande defesa do goleiro Rogério, Ian tentou de longe e quase surpreendeu o goleiro Victor.

 

Cada vez mais perto do empate, o São José dos Pinhais aumentou a pressão e, aos 10 minutos, Ian chutou cruzado, no canto, e Victor salvou.

 

Um minuto depois, Fillipe Chulapinha bateu cruzado e Jhonatan, na área, perdeu no rebote. Aos 12, o time são-joseense criou sua melhor chance na etapa final.

 

Depois da jogada de Léo pela esquerda, Ian recebeu livre na área, mas chutou para fora. Dois minutos depois, Fillipe Chulapinha e Curumim desperdiçaram boas chances de marcar.

 

O castigo veio novamente aos 14 minutos. Com tanta ofensividade, o time são-joseense deu espaço e, no contra-ataque, Renan fez o segundo do Palmas.

 

Na sequência, Jhonatan entrou para fazer a função de goleiro-linha. A pressão, então, aumentou. Fillipe Chulapinha e Léo quase marcaram o primeiro. Mas aos 15, em uma investida errada no ataque, o Palmas aproveitou para fazer o terceiro com Ricardo.

 

 

O time são-joseense não desistiu e, segundos depois, Fillipe Chulapinha bateu firme, no canto, e fez o primeiro. O gol deu novo ânimo para os comandados do técnico Vinicius França. A pressão aumentou, pelo menos mais três grandes chances foram criadas, mas não foi suficiente para evitar o revés dentro de casa.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!