Seleção Brasileira feminina decide com o Chile o Torneio Internacional
01/09/2019 09:13 em Futebol Feminino

Prontas para a final! Na manhã de sábado, a técnica Pia Sundhage comandou o último treino antes da sua primeira final à frente da Seleção Brasileira. Neste domingo (1), Brasil e Chile se enfrentam, às 13h, no Estádio Pacaembu para decidir o título do Torneio Internacional Uber de Seleções Femininas. Antes, às 10h30, Argentina e Costa Rica decidem o terceiro lugar da competição. 

 

A técnica Pia comandou atividades voltadas para aprimorar o poderio ofensivo do time. Já na segunda parte, em campo reduzido, de 4 contra 4, as jogadoras precisavam defender e atacar. Ao final, Pia dividiu o grupo em dois, algumas atletas treinaram bolas paradas, e outras, exercícios  de compactação das linhas defensivas.

 

Escolhida como capitã do Brasil na estreia de Pia Sundhage no comando, Luana confessa que ficou surpreendida com a atitude da treinadora. No duelo diante da Argentina, foi a primeira vez que a meio-campista usou a braçadeira de capitã em um jogo da Seleção Feminina.

 

"Foi uma experiência inesquecível, fazia cinco anos que eu não jogava no Brasil, perto dos fãs e da minha família. Foi muito especial pra mim. A escolha dela me surpreendeu, eu não sei quais os critérios que ela usou, eu acho que no nosso grupo tem muitas meninas que têm esse perfil de liderança algumas falam mais e outras menos, mas acho que liderança não é apenas falar, mas sim ter atitudes, então eu fiquei feliz pela confiança e vamos continuar trabalhando", conta Luana. 

 

Na coletiva de imprensa, Debinha comentou sobre o seu gol na estreia da competição. A atacante comentou a mudança de postura da equipe no duelo com a Argentina. A jogadora também analisou os primeiros dias de trabalho com a nova técnica da Seleção Feminina.

 

"Fique muito feliz de ter feito um gol na estreia da Pia. Com certeza no Mundial não saiu, passei em branco, mas fico feliz por ter ajudado de alguma forma a equipe, por ter ajudado a equipe. O meu foco é sempre esse, buscar sempre o melhor, e com a Pia, acho que isso tem mudado na equipe. Ela sabe como tirar o melhor de todas as jogadoras e ela vem passando isso pra gente do ataque, algumas jogadas que a gente faz buscando a finalização, e também para a defesa, ela vem priorizando muito o tático e a disciplina defensiva, e isso a gente tem feito bem", comenta Debinha.

 

A final do Torneio Uber Internacional de Futebol Feminino de Seleções será neste domingo (1), às 13h, com o embate entre Brasil x Chile. Antes, às 10h30, Argentina e Costa Rica disputam o terceiro lugar. As duas partidas serão no Estádio Pacaembu. 

 

(Foto: Mauro Horita/CBF)

 

MAIS...

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!