PARANAENSE – Coritiba ganha de 2 a 0 do Atlético na Arena
21/03/2016 00:05 em Futebol - Paranaense da 1ª Divisão

 

Coritiba

O Coritiba comemorou a vitória no Atle-Tiba Pela Vida na tarde deste domingo (20), na Arena da Baixada. Com gols de Thiago Lopes e Juan (de pênalti), o Verdão somou três pontos no Campeonato Paranaense e assumiu a terceira colocação da tabela.

 

O jogo foi digno de um verdadeiro clássico. Jogadas bonitas, chapéus, provocações dos dois lados, disputas acirradas entre os atletas e muita emoção. O Coxa dominou a partida disputada em gramado sintético na Arena da Baixada, mas também levou alguns sustos.

 

Thiago Lopes (que entrou no segundo tempo) abriu o placar com um belo peixinho após cruzamento de Negueba. Já Juan deixou sua marca de pênalti. Destaques ainda para Alan Santos com fortes chutes de fora da área e Luccas Claro e Juninho, que anularam diversas vezes as chegadas atleticanas.

 

Placar fechado no primeiro tempo

O clássico deste domingo começou emocionante mesmo antes do apito inicial do árbitro. Isso porque a campanha Atle-Tiba Pela Vida levou ao campo crianças que já receberam doações de órgãos e hoje seguem suas vidas. Além disso, os atletas foram para o jogo utilizando camisas laranjadas com a mensagem: “Doação de órgãos. Fale sobre isso”.

 

Mas para o jogo de futebol, a partida não podia ser diferente. As equipes foram a campo com força máxima buscando os três pontos. Gilson Kleina escalou o Coxa com Wilson, Ceará, Luccas Claro, Juninho, Carlinhos, João Paulo, Alan Santos, Juan, Dudu, Negueba e Kléber.

 

No primeiro lance da partida, o time da casa assustou o Verdão com uma bola que passou na frente de todo mundo na área. Na sequência, aos cinco minutos, Negueba teve a primeira chance do Coxa com um cabeceio que foi defendido pelo goleiro Weverton.

 

Perto dos 15 minutos, o Verdão teve boas chances. Primeiro no cabeceio de Alan Santos, depois com um chutaço de Negueba.

 

Aos 19’, Juninho deu um belo chapéu no campo de defesa e saiu jogando. Carlinhos recebeu e cruzou para a área. Kléber era quem ia ficar com a bola, mas o passe foi muito forte. No entanto, o atacante do Verdão ainda tentou construir uma jogada, mesmo no chão, mas a zaga fez o corte.

 

No lance seguinte, o Atlético-PR também teve chance. Wilson tirou de soco e depois completou acionando o jogo no campo de defesa.

 

Se nos minutos iniciais do jogo o Coxa teve boas chances e mantinha mais a bola nos pés, depois dos 30 minutos, a partida ficou mais equilibrada com jogadas de ataque do time adversário, mas com pouco perigo evidente.

 

Aos 34, após cobrança de escanteio, Kléber tentou arrematar par o gol, mas acabou errando. Dez minutos depois, Alan Santos tirou a bola cruzada por Walter e mandou para lateral.

 

E como acontece em todos os clássicos, o clima dentro de campo era tenso. Até o apito final da primeira etapa foram três cartões amarelos para o time da casa e um para Kléber, do Coxa.

 

Vitória alviverde com gols de Thiago Lopes e Juan

Para o segundo tempo, o jogo prosseguiu de bastante marcação para os dois lados e a bola insistia em não entrar. Aos cinco minutos depois do intervalo, Kléber limpou a jogada e passou para Alan Santos, que meteu o pé. A bola foi para fora passando perto.

 

Na resposta, Marcos Guilherme tentou o passe para Walter, mas a bola passou por todo mundo. O jogo ficou muito tenso com muitas faltas e reclamações para os dois lados.

 

No Verdão, Dudu deixou o campo para a entrada de Thiago Lopes. Aos 14’, Alan Santos tentou de volta com um chute forte de longe e Weverton espalmou mandando para escanteio.

 

O lance duvidoso do segundo tempo foi aos 18’, quando Paulo André, do Atlético-PR subiu na área e tocou a bola com a mão, tirando a chance de Juninho que tentava o cabeceio no cruzamento vindo do escanteio. O árbitro mandou a partida seguir, mesmo com a reclamação dos atletas coxas-brancas.

 

Então, Gilson Kleina promoveu a entrada de Vinícius no lugar de Kléber. O jogo seguiu nervoso, mas o Coxa seguia criando boas oportunidades, principalmente com Negueba e Alan Santos.

 

Mas o primeiro gol alviverde veio de um prata da casa. Aos 38 minutos, Thiago Lopes foi de peixinho na bola vinda do cruzamento na medida de Negueba, e mandou para as redes. Gol do Coxa, gol de Thiago Lopes.

 

Mas ainda tinha mais um gol coxa-branca no primeiro clássico no gramado sintético da Arena da Baixada. Aos 30’, Juan acabou pegando mal na bola e desperdiçou a chance de fazer o segundo, mas foi com o camisa 55 que o Verdão ampliou.

 

Aos 36’, Vinícius dominou e tentava o drible quando foi derrubado por Eduardo na área. Pênalti! Para a cobrança, Juan se apresentou. Um chute certeiro, à meia altura, daqueles de comemorar muito. Atlético-PR 0x2 Coritiba.

 

Ainda antes do apito final, André Lima tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso do jogo deixando o Atlético-PR com um a menos. Amaral ainda entrou em campo no Verdão, substituindo Negueba.

 

Após os cinco minutos de acréscimos, o Verdão comemorou muito com seus 2300 torcedores presentes na Arena da Baixada, que cantaram durante os mais de 90 minutos. Os atletas, ainda, agradeceram o apoio ao fim de jogo.

 

Próximo compromisso

 

 

Agora o Coxa enfrenta o Maringá em casa, no dia 27 de março, domingo de Páscoa. A partida é a última da primeira fase do Paranaense e começa às 16h. (CoritibaOficial)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!